Emagrecimento - Publicidade Enganosa

Já todos devem ter reparado que no início de cada ano a publicidade a produtos milagrosos para emagrecer é uma constante. Chegam a ser, na minha opinião, publicidades agressivas. O que importa é chamar a atenção do espectador (isto tanto em televisão, como montras de lojas, panfletos, cartazes, revistas, etc.), iludi-lo através de imagens e textos apelativos, ou às vezes testemunhos saídos directamente da mente de alguém. E nisto há gostos para tudo: Depuralina, Viva Melhor, XLS, Raspberry, Green Coffe, e tantas outras publicidades que prometem mundos e fundos. Chego a dar-me conta que isto são autênticas lavagens cerebrais, um meio apenas de vos ludibriar a experimentar mais uma das mil e uma maravilhas do emagrecimento disponíveis, aos olhos de quem as vende e fabrica claro.
Já pensaram que se tudo isso fosse real não haveria obesidade? Todos teriam o corpo que idealizam e a saúde de ferro que tanto anseiam. Retenção de líquidos, má digestão, colesterol, excesso de peso, seriam tudo coisas que deixariam de existir. Pois é, e depois o que estes fabricantes e comerciantes venderiam? Nada, o mundo seria todo completamente saudável. Na verdade as coisas não funcionam desta maneira, e assim outro produto será lançado, publicitado, a sua atenção será colocada nele porque o anterior não resultou, comprará e tudo voltará a este ciclo vicioso.

Não acreditem em fórmulas milagrosos e em promessas ilusórias. Nada se faz sem trabalho, persistência e sacrifício. Tudo leva o seu tempo e é feito ao seu ritmo. A mudança está em si, na sua alimentação, no seu estilo de vida.

Deixe de lado a comida processada, refinada, artificial e cheia de ingredientes que os nomes nem conhecemos. Quanto mais simples o rótulo melhor, sem rótulo perfeito: fruta, legumes, sementes, ovos, peixe, arroz e massa integral, batata doce, lentilhas, linhaça, flocos de aveia, cacau cru, e tantas outras opções que poderíamos ficar aqui o dia todo a enumerá-las. Portanto falta de variedade não pode ser usada como desculpa.

O problema está em si, nas suas opções e escolhas, nos seus objectivos, seja o seu crítico e avançará pelo melhor caminho com toda a certeza!