Batido - Banana e Flocos de Milho Biológicos

Hoje trago-vos uma receita de um batido para mim delicioso, nutritivo e o melhor de tudo: super saciante. Pode ser usado ao pequeno-almoço, lanche ou até num jantar mais tardio.

De preparação fácil e rápida, experimentem este Batido de Banana e Flocos de Milho Biológicos:


  • 1 Banana da Madeira
  • 1 copo de bebida de Espelta
  • 1 colher de sobremesa de Chia
  • 1 colher de sobremesa de Maca
  • 1 punhado de Flocos de Milho Biológicos (acrescentar apenas no fim)
Colocar tudo no liquidificador até obter um batido cremoso, verter para um frasco ou taça de vidro, acrescentar os Flocos de Milho Biológicos e reservar no frigorífico pelo menos 10 minutos. Isto permitirá a hidratação da Chia e conseguirá assim um batido muito cremoso, quase uma mousse.



Boas receitas!


Constipação e Gripe - Como Prevenir?

São algumas as diferenças que a medicina convencional apresenta relativamente a Constipação e Gripe, e que se apresentam na tabela abaixo:

Sintomas
Constipação
Gripe
FebreRaramenteElevada; durante 3-4 dias
Dor de cabeçaRaramenteForte
Dor no corpoLigeiraFrequentemente; por vezes intensa
Fadiga, fraquezaLigeiraPode durar 2-3 semanas
ExaustãoNuncaIntensa e surge no início da doença
Nariz entupidoFrequentementePor vezes
EspirrosFrequentementePor vezes
Garganta inflamadaFrequentementePor vezes
Tosse, sensação de "peso" no peitoLigeira a moderada; tosse secaFrequente; pode tornar-se grave
ComplicaçõesCongestão dos seios nasais ou dor de ouvidosBronquite, pneumonia; eventualmente fatal
PrevençãoNenhumaVacinação anual - medicamentos antivíricos (consulte o médico)
TratamentoAlívio temporário dos sintomasMedicamentos antivíricos (consulte o médico)
Fonte Tabela: roche.pt

No entanto, o que a meu ver é importante e não é nem nunca será apresentado numa tabela idêntica à anterior: CAUSA. Ou pelo menos na PREVENÇÃO ser colocado alguma coisa.
Será realmente verdade que nada se pode fazer relativamente à prevenção de constipações e gripes (excluindo vacinas)? Terá a população que ficar à mercê de patologias e usar para isso medicamentos antivíricos e analgésicos?

Onde está a alimentação como base de toda a nossa saúde? Onde está o reforço do sistema imunitário nas mudanças de estação? Onde está a alcalinidade? A hidratação e desintoxicação?

Um patogênico apenas sobrevive no organismo quando este tem um meio propício ao seu desenvolvimento: um meio ácido e tóxico. Portanto a principal preocupação do nosso dia-a-dia deveria ser manter o organismo alcalino e desintoxicado. Como se consegue isto? Com frutas, legumes, vegetais, água alcalina, alguns frutos secos e super alimentos. Como se potenciam as patologias? Com comida processada, refinada, de origem animal e com aditivos artificiais. E os medicamentos? Esses destroem a flora intestinal (o chamado segundo cérebro do nosso corpo), sobrecarregam o fígado, poluem o sangue e linfa, tornam o nosso corpo ácido e tóxico, ou seja, exatamente aquilo que não queremos. Contraditório? Sim, mas rentável economicamente falando no que às farmacêuticas diz respeito.

Trago-vos uma receita eficaz para a prevenção, mas também tratamento, de constipações e gripes, na medida em que reforça o sistema imunitário, promove uma melhor desintoxicação e acelera o metabolismo de libertação de tóxicos.

SHOT ANTI-GRIPAL


  • 1 copo de água alcalina
  • 1 limão inteiro descascado
  • 1 colher de sobremesa de gengibre em pó
  • 1 colher de sobremesa de mel
  • 1 colher de sobremesa de canela
+ liquidificador ou varinha mágica

  • ingerir ao deitar







Porque a água não é toda igual?



Deixo-vos um vídeo do Dr. Lair Ribeiro, um Cardiologista que sabe que o caminho está em abraçar várias medicinas no mesmo colo. Que enfatiza sempre a importância da alimentação na saúde de cada um de nós, a escolha certa dos alimentos e o porquê de excluir uns e preferir outros.

Uma alimentação saudável vai muito mais além da escolha das proporções de hidratos, proteína e gordura. Se prestarmos atenção à constituição de cada alimento e da sua acção no nosso organismo, depressa perceberão que cai por terra qualquer dieta ou filosofia que se foca apenas nos gramas que cada indivíduo deve ingerir do quê, ou do quanto deve respeitar a roda dos alimentos.

Aquilo que realmente importa é ingerirmos alimentos que nos permitam ter um organismo alcalino, livre de toxinas e 100% apto a eliminar tudo que nele seja prejudicial. E aqui a água alcalina apresenta um papel importantíssimo.

É um vídeo que vale a pena assistir, pois "desmonta" o conceito de água conforme a maioria das pessoas o conhece, e sempre com uma base sólida e científica.





A Saúde é Um Negócio

"...multinacionais detêm os conhecimentos da cura da maioria das doenças por métodos naturais ou "fisiológicos", mas obstruem de forma sistemática a divulgação destes. A revelação de seu conteúdo colocaria em cheque o uso da maior parte dos medicamentos conhecidos. Com esse e outros argumentos devidamente comprovados, o doutor Mathias Rath, médico e cientista...depositou em 15 de Junho de 2003, junto à Corte Criminal Internacional em Haia, uma ação contra a indústria farmacêutica e seus investidores, sob as acusações de comércio internacional da doença e crimes que envolvem a promoção da escalada em direção a uma guerra mundial.
Na verdade, a indústria de medicamentos detém, mas bloqueia de
forma sistemática, o conhecimento para a prevenção e cura das mais diversas doenças, substituindo as terapias naturais, não patenteáveis, por terapias sintéticas patenteáveis, e portanto lucrativas." 


Dr. Alberto Peribanez Gonzalez

É triste, mas é a realidade. Não se aposta na prevenção, mas no ataque. Infelizmente este ataque dá-se aos sintomas da doença, àquilo que ela nos mostra, e não aos motivos reais que a fizeram aparecer. Deixa-se de parte a componente psicológica, nervosa, ambiental, profissional e pessoal. Esquece-se que o o ser humano deve ser visto como um todo. Tudo faz parte, tudo influencia. 
Patentear terapias naturais não é rentável, não é lucrativo, não se consegue colocar o paciente num ciclo de doença-tratamento constantemente. Patentear terapias sintéticas é um negócio, e dos mais lucrativos.



Cancro - A Doença dos Tempos Modernos

O cancro é hoje em dia a patologia que mais amedronta as pessoas, tanto por ser cada vez mais frequente, como por ser fatal se não tratado a tempo. Mas ele assusta para o resto da vida, pois os pacientes sabem que o mesmo pode reaparecer a qualquer momento. É uma doença que atormenta a vida das pessoas, toda a vida. Vive-se na sombra do medo e da esperança. E tudo isto é uma tremenda bola de neve da qual os médicos não falam: o cancro aparece, trata-se, fica-se "limpo", ele volta de novo porque foi tratado (sim, porque foi tratado), trata-se, fica-se "limpo", sente-se medo, ansiedade e stress, adrenalina a cada análise de rotina, ele aparece de novo porque vivemos em constante stress (sim, ele aparece também porque vivemos em stress), trata-se, fica-se "limpo" e entra-se num ciclo que nunca terá fim. Os médicos deram um nome a este ciclo: doença crónica. Eu chamo-lhe outro nome: negócio!

Mas afinal o que é o cancro? Porque aparece? Porque é reincidente? 

O cancro diz respeito a um conjunto de células que se dividem e multiplicam sem regra, invadindo e destruindo tecidos. Ou seja, as células desenvolvem-se de forma anormal, e não de acordo com os patrões definidos como normais.

Porque as células se dividem de forma anormal? Na medicina convencional, não existe uma explicação concreta. Fala-se de hereditariedade, de mutação genética. Na medicina natural fala-se de meio ácido-base.
Sabe-se que qualquer patologia apenas se desenvolve num meio ácido e não num meio alcalino. O cancro não é excepção.

Nesta teoria é fácil perceber a reincidência do cancro: a quimioterapia, a radioterapia e toda a medicação tornam o organismo ácido, portanto propenso a novo aparecimento da doença. Além de que levam consigo células boas, ficando o paciente enfraquecido e com o sistema imunitário deficitário.

O que não acontece na medicina convencional? Um protocolo alimentar, uma reeducação alimentar. O paciente não volta para casa com um plano específico, com chamadas de atenção para os seus hábitos alimentares. Aliás, é comum ver crianças após os tratamentos a comerem fast food para se sentirem mais felizes e não ficarem tão fracas, ou gelados e guloseimas. Não é isto contraditório? Todos estes alimentos potenciam ainda mais a acidez do organismo, e a bomba relógio do cancro reincidente.



Alimentos que potenciam a acidez do organismo:

  • lacticínios
  • alimentos de origem animal
  • soja
  • milho
  • álcool
  • café
  • alimentos processados, refinados e enlatados
  • refrigerantes
  • etc
Alimentos que potenciam a alcalinidade do organismo:
  • frutas
  • legumes e vegetais
  • água com pH superior a 7

A meu ver, a preocupação principal da medicina convencional deveriam ser os hábitos de vida do paciente. A sua alimentação, o ambiente que o rodeia, o seu estado emocional. Deveria ser feito um protocolo neste sentido, com um plano alimentar alcalino, 100% cru, com recurso a batidos, sumos, saladas. Sessões de relaxamento, reiki, maior contacto com a natureza. A preocupação dos médicos deveria ser incutir aos seus pacientes (a todos sem excepção, mesmo os supostamente saudáveis) hábitos de vida saudáveis, um organismo alcalino, limpo, desintoxicado, livre de um meio favorável ao aparecimento de patologias. Acredito, que muitas doenças seriam evitadas e outras tantas curadas.



Cuide de si, cuide da sua saúde.

Grão de Bico - Benefícios

Já aqui falamos de emoções positivas e negativos, e o impacto que estas podem ter na nossa saúde. Para quem quer sentir-se mais alegre, com melhor humor e uma ajuda extra no controle das emoções negativas, deve incluir o grão de bico na sua alimentação.

Além deste factor super positivo, é ainda rico em proteínas e ferro.


Combine esta leguminosa com uma grande e variada salada a seu gosto, acrescente cebola picada, alho e salsa e delicie-se.


Boas Escolhas Alimentares.




O Poder da Couve

Nem sempre apreciada por todos, mas com inúmeros benefícios para a saúde, a Couve deve ser incluída regularmente nas refeições do dia-a-dia.
Uma boa forma de se tornar despercebida é adicioná-la a batidos ou sumos naturais.
  • Vitamina K
  • Cálcio
  • Vitamina C
  • Vitamina A
  • Potássio
  • Luteina









Plano VidaPura Zen - Mudança de Hábitos Alimentares

O Plano VidaPura Zen - Mudança de Hábitos Alimentares diz respeito a um acompanhamento online de 30 dias consecutivos, onde aprenderá a adquirir hábitos alimentares mais saudáveis baseados no Crudivorismo e Veganismo. Terá acesso a informação explicativa sobre este estilo de vida, poderá tirar todas as suas dúvidas, terá acesso a receitas e dicas de saúde e beleza.
É um plano que pode também ser usado como complemento à sua alimentação convencional, caso não prescinda de certos alimentos que no Crudivorismo e Veganismo não entram.

O importante é que desintoxicará o seu organismo, terá mais saúde e vitalidade e conhecerá um novo mundo de sabores.

O Crudivorismos assenta no consumo exclusivo de fruta, legumes, vegetais, frutos, secos, sementes e alguns super alimentos, no seu estado cru. Complementamos esta filosofia com o Veganismo, permitindo alimentos cozinhados de origem vegetal.

Venha experimentar com a VidaPura Zen este estilo de vida limpo e natural, enviando um email para vidapurazen@gmail.com.

Boas Escolhas Alimentares!


Aumente o Consumo de Fruta

Um dos princípios do Crudivorismo é centrar várias refeições do dia no consumo de fruta, uma vez que estas possuem poder alcalinizante, são de rápida digestão, possuem as vitaminas que necessitamos ao longo do dia, são fonte energética e na verdade são tudo que necessitamos para nos sentirmos em forma, nutridos e saciados.
Complementadas com legumes, vegetais, frutos secos, grãos, sementes e algas são a alimentação funcional que permite ao organismo auto regenerar-se e exercer o seu poder de auto cura.

Apostem na fruta ao longo do dia e sintam o vosso organismo depurado e saudável!




A Gravidez e a Alimentação

É uma lufada de ar fresco e de esperança, pegar numa revista e constatar que felizmente já há médicos a incentivar grávidas a fazerem a restrição de produtos de origem animal e processados, para bem da saúde das mesmas e do bebé.

Médicos que o são no verdadeiro sentido da palavra, que primam pela preocupação primordial da saúde das suas pacientes. Médicos que têm plena consciência que tudo o que provem de um animal é contra natura e prejudicial à saúde. Médicos que têm plena consciência que uma alimentação baseada no Crudivorismo e Veganismo é a melhor de todas as opções.

Conselhos destes são de louvar e eu tiro-lhes o chapéu:

  • Legumes de folhas verdes
  • Leguminosas
  • Fruta
  • Arroz, cevada, quinoa
  • Algas
  • Sementes e Frutos Seco
Ideias de pequenos-almoços ou lanches:
  • Bebida de arroz com flocos de aveia e adoçada com mel
  • Muesli caseiro com iogurte de soja
  • Pão de milho caseiro com sumo natural de fruta
  • Galetes de arroz com compota caseira
  • Batidos de fruta
  • Morangos com iogurte de soja
Ideias de almoços ou jantares:
  • Sopa de legumes
  • Arroz com cogumelos
  • Arroz com algas e frutos secos
  • Grãos com legumes
  • Salada variada com grãos
  • Prato de Fruta e Sopa

O Efeito das Emoções Positivas e Negativas na Saúde

Toda as emoções têm um efeito directo na nossa saúde, pois cada emoção gera uma reacção bioquímica que se vai manifestar no nosso corpo através de 3 sistemas: imunitário, nervoso central e endócrino.

Não é à toa que além de se aconselhar bons hábitos alimentares, se aconselha também actividades ao ar livre, momentos de lazer, ouvir música relaxante, rodear-se de pessoas positivas. Tudo isto permitirá mais emoções positivas e menos emoções negativas.

A tristeza, medo, raiva, inveja, ciúme, desgastam o organismo, criam um ambiente ácido que é completamente fértil para o desenvolvimento de agentes patogénicos. O sistema imunitário fica debilitado, surgem constipações, gripes, e outras infecções.

Emoções positivas, como o amor, alegria, gratidão, compaixão, confiança, fortalecem o organismo, tornando o mesmo mais resistente a doenças. Não é por acaso que em situações de doença grave, motivação e esperança permitem uma cura mais rápida, pois o organismo fica fortificado com tais sentimentos.

Para um organismo saudável, uma mente positiva!


Os Lacticínios e os Planos Alimentares

Mais um problema dos programas nutricionais e de dieta da actualidade, prescritos por profissionais de saúde: lacticínios!

Vejo diariamente planos alimentares em que ao longo do dia, em pelo menos 4 refeições, estão presentes lacticínios. Leite ao pequeno-almoço, iogurte sólido a meio da manhã, queijo no lanche e queijinho fresco ou iogurte líquido na ceia. A par disto restringe-se o consumo de fruta para 2 peças diárias, no máximo.

É exactamente neste ponto em que chego a uma conclusão: a partir do momento em que se ensinou a roda dos alimentos (desactualizada) e as tabelas de calorias de todos os alimentos a estes profissionais, a procura por novos conhecimentos, a pesquisa e experimentação estagnou ou simplesmente nunca existiu.
Elaborar um programa de dieta acidificando o organismo e restringindo vitaminas e minerais de origem vegetal?


Resultado após todos estes planos: gastrite, função hepática sobrecarregada, sistema imunitário deficiente, infecções urinárias, bronquite e asma acentuada (em quem já possui estas patologias), flora intestinal danificada, entre outros problemas. 


Sintomas: dores de cabeça, náuseas, azia, distensão abdominal, má digestão, gripes e constipações frequentes, cólicas, dor abdominal, obstipação ou diarreia.


Nenhum profissional de saúde deveria promover a perda de peso sem dar especial atenção à saúde, com o único propósito de conseguir resultados rápidos e satisfação do paciente. 

Aquilo que demorou anos a ganhar-se leva tempo a perder-se, com saúde!


As Bolachas e os Planos Alimentares

Hoje em dia, e desde sempre, vemos planos alimentares específicos para perda de peso com alimentos como: bolacha de água e sal ou bolacha "Maria". 
O que concluir daqui? Que a preocupação pela saúde simplesmente não existe nos profissionais que aconselham este tipo de alimentos. A única preocupação é a contagem de calorias ao longo do dia, mesmo que estas sejam completamente desprovidas de proteínas e hidratos de qualidade, vitaminas e minerais. 
Até chocolates são permitidos, desde que se encaixem nas calorias permitidas desse dia de dieta.

 Contar calorias de nada adianta para quem quer perder peso, mas sim a escolha de alimentos certos, livres de substâncias processadas e refinadas. 
As bolachas de água e sal são feitas com uma massa semelhante à massa folhada, que absorve gordura. Além disso possuem quantidades elevadas de sal. As bolachas "Maria" são menos calóricas que as anteriores, no entanto os corantes, conservantes, gorduras e açúcar adicionados estão todos presentes. 

Quer perder peso sem saúde ou perder peso com saúde?
Faça boas escolhas alimentares!



Água Alcalina

O nosso corpo deve manter-se o mais alcalino possível, pois só assim será um organismo puro e sem patologias. As patologias desenvolvem-se em corpos ácidos, os meios propícios ao desenvolvimento de bactérias e células prejudiciais à nossa saúde.

As comidas processadas, os alimentos refinados e de origem animal são todos ácidos, como tal tornam o nosso organismo também ácido. Posto isto ficamos mais propensos a doenças, inflamações, e um organismo intoxicado na sua generalidade.

Muito se incentiva as pessoas para que consumam água ao longo do dia, de modo a combater a acidez provocada pelos alimentos ou já instalada no organismo, no entanto há um detalhe muito importante: quase toda a água engarrafada comercializada é também ela ácida ou muito perto disso. Contraditório não?

É aqui que se verifica a importância de escolher uma água com características alcalinas, pois só assim será possível através da mesma combater a acidez do corpo.

Escolha a água Monchique, pois possui um pH de 9.5, portanto alcalino e muito favorável ao nosso organismo.


Canela

Um aliado em vários aspectos da nossa saúde
Ajuda a regular o nível de açúcar no sangue.
Aumenta o metabolismo de queima das gorduras.
Estimula a salivação e o suco gástrico.
Anti-bacteriana, expectorante e anti-inflamatória.
Melhora a circulação sanguínea dos extremos do corpo.
Ajuda no combate a fungos e bactérias.




Porquê beber batidos de fruta?

Numa fase de transição para uma alimentação mais saudável e natural, a principal mudança que deve acontecer é o aumento da ingestão de fruta ao longo do dia. É esta que nos permite saciedade, energia e vitaminas a maior parte do tempo. Como tal a sua ingestão irá ocupar o lugar de todos os alimentos processados que se ingeria anteriormente.
Uma a três peças de fruta é algo apenas aceitável numa alimentação convencional, no Crudivorismo as quantidades têm e devem ser aumentadas, pois dá-se um corte em toda a alimentação processada.
Qual a melhor maneira de fazer esta transição? Ingerir batidos de fruta.
Estes permitem uma ingestão de grandes quantidades de fruta, sem que para isso haja grande esforço do sistema gastrointestinal em processá-la. É também uma forma rápida e cómoda de preparar uma refeição e assim ir aos poucos habituando o organismo a uma maior quantidade de fruta.


A Importância do Limão

Sabe a importância do limão quando usado com regularidade na nossa alimentação?
Promove uma óptima desintoxicação e a melhor altura para ingeri-lo é ao acordar, em jejum com água. Isto permitirá um melhor acordar de todos os nossos órgãos, em que os mesmo começarão a funcionar com mais energia.
A acumulação de toxinas não será mais um problema, pois estas serão arrastadas e expelidas naturalmente.
Placa mucosa? Até mesmo essa o limão é capaz de destruir, tornando o seu corpo mais alcalino, limpo e desintoxicado.

E visivelmente, os benefícios quais são? Pele luminosa e limpa, energia física, claridade mental, eliminação da retenção de líquidos e inchaço abdominal, digestões rápidas.




Pirâmide dos Alimentos

Esta é a pirâmide dos alimentos que defendo, experiencio e transmito a quem me procura já com uma certeza: adquirir hábitos alimentares mais saudáveis. 
A única que me permitiu a mim, e às pessoas que sigo, resolver diversas patologias, estabilizar o peso, aumentar o bom humor e energia diária, clarificar a mente, entre tantos outros benefícios. 

Quando me pedem conselhos de produtos alimentares de origem animal ou processados menos prejudiciais, é claro na minha mente e ideologia que não existem, mas como qualquer mudança começa aos poucos, indico-vos as trocas que devem fazer dentro dessa gama alimentar para minimizar os malefícios. 
Porquê? Porque todos temos dúvidas e porque acima de tudo as mudanças fazem-se gradualmente. 

No Plano VidaPura Zen - Mudança de Hábitos Alimentares, podem fazer refeições com base em produtos de origem animal se assim o desejarem e não conseguirem de todo eliminá-los, no entanto reestruturamos todos os complementos, junções e restantes refeições com hábitos mais saudáveis. Mais do que uma ideologia, a VidaPura Zen é um complemento!

Informações do Plano através de vidapurazen@gmail.com




Onde estão as proteínas?

Uma das grandes dúvidas da maior parte das pessoas em relação ao Crudivorismo ou até mesmo Veganismo, é onde vamos nós buscar as proteínas? 
Foi nos incutido e ensinado deste sempre que a carne, o peixe e os ovos são as principais fontes de proteína e como tal devemos consumi-las diariamente. Mas tal não é verdade! 
A verdade que aqui se coloca é que o nosso organismo capta mais facilmente a proteína de origem animal do que a vegetal, no entanto há como contrariar este facto: aumentar a ingestão de legumes e vegetais para garantir um aporte correcto de proteína, e demolhar os grãos e sementes para que a disponibilidade de proteína destes aumente, destruindo a barreira que os envolve.

O importante é saber estruturar bem as refeições e ouvir o que o nosso corpo diz.


A Alimentação Crua no Combate a Doenças

Mais um testemunho de que a Alimentação Natural compensa e muito.

O Poder da Alimentação Crua

Esta senhora não fez dieta, fez uma alteração do seu estilo de vida, para a vida. E é assim que tem que ser. Dietas de só um tipo de vegetal, como muitas pessoas fazem, ou de um tipo de fruta, ou com suplementos, apresentam resultados momentâneos e com vários danos a nível nutricional.
Variedade, diversidade, maioritariamente cru, não processado e força de vontade são o ponto de partida.
E como passou esta senhora à ação? Abolição completa de fritos e refrigerantes! E o resultado foi logo espantoso!
Acreditem sempre e não desistam nunca!


Entrem no link e vejam a notícia completa, garanto-vos que vale a pena!

Diferença entre Sumo e Batido

Existe muita controvérsia à volta deste tema. Há quem diga que os sumos são mais benéficos, há quem defenda completamente o uso dos batidos em detrimento do anterior. Há quem ache que se fazem sumos no liquidificador e quem pense ainda que os batidos se fazem na centrifugadora.
Vamos então por partes!

Que utensílios usar?

  • Sumos:

Centrifugadora ou Espremedor de Citrinos


  • Batidos:

Liquidificador ou Varinha Mágica


Diferenças entre Sumos e Batidos:

  •  Sumos:
É retirada quase a totalidade da fibra (polpa), ficando apenas o sumo.
Pode ser feito apenas com fruta, vegetais, ou junção dos dois.
Óptimo para energia imediata e desintoxicações, juntamente com o jantar ou antes de alimentos sólidos.
Acelera a digestão e a assimilação de nutrientes na parte intestinal.
Ideal então para processos de limpeza, cura, perca de peso e problemas gástricos.
Não requer muita energia da parte do nosso organismo, na digestão e assimilação.
Preferível apenas usando vegetais e/ou legumes. Sendo possível também a junção de um ou dois tipos de fruta (limão, ananás ou maçã).

  • Batidos
Toda a fibra (polpa) permanece no batido.
Pode ser feito apenas com fruta, vegetais, ou junção dos dois.
Óptimo para pequenos-almoços, lanches ou refeições principais.
Promove o trânsito intestinal, sacia durante horas, energia constante.
Requer energia da parte do nosso organismo, na digestão e assimilação.
Preferível juntar apenas um ou dois tipos de fruta, ou adicionar ainda vegetais de folhas tenras.

Então o que usar?

Tanto sumos como batidos são benéficos, não se devendo dar preferência exclusiva a nenhum deles. Em algumas situações é preferível sumo e outras batido. Depende sempre do estado de saúde da pessoa, objectivos e estilo de alimentação.
Usar os dois em equilíbrio é o ideal, pois os benefícios surgem de ambas as partes.










Porque desistem as pessoas da Alimentação Crua?

Apesar da força de vontade de muitas pessoas, da fase inicial de transição para este tipo de alimentação, do reconhecimento dos seus benefícios....quase todos desistem. Apenas 2% consegue permanecer no Crudivorismo. E porquê?

Porque a fase inicial é a que mais custa ultrapassar, é a que realmente nos coloca à prova. É  fase em que além de termos que conseguir ceder às tentações, devemos evitá-las, devemos conseguir dizer não sem magoar as pessoas, temos que conseguir gerir a vida social e esta nova opção. Temos que acima de tudo conseguir ouvir críticas e permanecer na nossa escolha.
Mas o mais difícil disto tudo, e o que a maior parte das pessoas se queixa: Sintomas da Desintoxicação!

Numa fase inicial de transição da Alimentação Convencional para o Crudivorismo, dá-se grande parte da desintoxicação do nosso organismo. Todas as toxinas e muco que temos acumulado nos órgãos, sistemas e membranas, tem que ser expulso. Para tal o nosso corpo mostra-nos que essa limpeza está a ser feita. Como?


  • Lábios secos e com pequenas rachas
  • Dor gengival 
  • Fraqueza, fadiga
  • Dor de cabeça
  • Enjoos
  • Transpiração excessiva
  • Muco nasal
  • Erupções da pele
  • Diarreia
  • Entre outras consoante a pessoa em causa

Tudo isto são sintomas normais de uma desintoxicação, no entanto as pessoas ficam bastante alarmadas e pensam que são sintomas de alguma patologia que apareceu com o Crudivorismo. Não desespere, estes sintomas são passageiros, e os benefícios que trazem compensam e muito o sacrifício de ter que se passar por isto.

Para que o corpo consiga fazer uma desintoxicação a fundo, gasta energia para limpar cada um dos nossos órgãos e sistemas, motivo pelo qual se dá a fraqueza, dores de cabeça e enjoos. Expele as toxinas e o muco de todas as formas possíveis que encontra de atravessar a barreira do nosso organismo (muco nasal, transpiração, erupções da pele, diarreia). Como tudo o que há a ser expelido e limpo se encontra num estado ácido, a saliva assim o mostra, deixando os lábios secos e por vezes rachados, e dor gengival e por vezes da membrana interna da boca. Mas tudo isso é necessário, senão como sairia do nosso corpo tudo o que se encontra acumulado devido a comidas processadas e de origem animal? Todas as más escolhas alimentares sobrecarregam o organismo, fermentam, formam barreiras contra a absorção de vitaminas, nutrientes e minerais, acumulam-se em forma de muco, tornam o nosso corpo ácido e desenvolvem todas as patologias existentes. Portanto, passar por todos estes possíveis sintomas é um bem necessário à nossa saúde.

O que deve fazer? Procurar apoio, incentivo para esta fase, tirar todas as suas dúvidas, ficar ao lado de quem o motiva ou até possa passar por esta fase consigo. Acreditar essencialmente que vale a pena, e que está a colocar a sua saúde em primeiro lugar, o nosso bem mais precioso.




Análises Sanguíneas

São feitas de forma regular para que se saiba efectivamente o que se passa com o nosso corpo. No entanto muitas pessoas fazem-nas, mas não têm nenhuma ideia do que alguns parâmetros chave representam.
Não precisa de estudar a fundo todos os valores, até porque se pressupõe que se tiver valores fora do normal e graves, o seu médico o alertará e encaminhará para o tratamento mais indicado. Mas será que o seu médico o alertará para valores que pouco fogem do esperado, mas que mesmo assim indicam várias possíveis patologias e transtornos do organismo?

Fique atento aos seguintes valores:

  • Ácido Úrico
  • Creatinina
  • Ureia

Todos este parâmetros, quando elevados ou perto do limite superior, mostram com clareza o consumo excessivo de proteína animal. E o que acarreta um excesso de proteína animal?

  • Fígado a trabalhar em esforço
  • Vesícula a trabalhar em esforço
  • Digestões lentas
  • Bactérias intestinais
  • Fermentação intestinal
  • Sistema Nervoso alterado
  • Rins a trabalhar em esforço
  • Disfunções hormonais
  • Problemas de pele

Ainda acha que o sabor, textura e possível prazer dos produtos de origem animal compensam todas as possíveis patologias?





Alimentação Cuidada. Afinal o que é?

Quando me abordam para emagrecimentos, tonificação ou perca de gordura localizada, por norma a minha primeira pergunta é:
"Tem uma alimentação cuidada?"
(quase ninguém procura ajuda no emagrecimento alegando que só come o que não deve, alegam a maior parte das vezes que fazem tudo direitinho e não obtêm resultados)
Posto isto obtenho a maior parte das vezes sempre a mesma resposta:
"Sim, tenho muito cuidado com o que como, isso não é o problema. Eu quero é mesmo alguma coisa que me ajue a perder rápido este peso a mais."

Posto isto e como sou muito desconfiada e gosto de ter realmente a certeza de tudo, faço ainda mais uma pergunta:
"Então diga-me por exemplo como foi, em termos de alimentação, o seu dia de ontem. Ou seja, diga-me tudo o que ingeriu e em que altura do dia."

Ora é aqui que a coisa descamba completamente. Vamos ficar a saber efectivamente que tipo de alimentação a pessoa faz, ou seja, o que entende por alimentação cuidada.
E então a coisa começa mais ou menos assim:

 "Olhe eu até só comi uma peça de fruta ao almoço e fico a tarde toda a beber chás. Como vê é impossível eu não estar a perder peso."
"Ao pequeno-almoço é uma taça daqueles cereais integrais, nem como fruta nem nada por causa do açúcar."
"Eu ao jantar é quase sempre sopa e umas bolachas de água e sal antes de ir dormir."
"A meio da manhã é que é mais complicado comer alguma coisa, não há tempo."
"Ao lanche uso aquelas barrinhas para controlar o peso."

E eu poderia continuar aqui a enumerar aspectos da dita alimentação cuidada, mas estes são os mais usuais.
Acima de tudo isto são os erros mais cometidos por quem procura o emagrecimento por não o estar a conseguir fazer sozinho.

E que digo eu a estas pessoas? Basicamente tenho que começar uma reeducação do zero em termos alimentares, explicar princípios fundamentais e elucidá-las para os rótulos dos alimentos.

O almoço chama-se almoço e não snack entre-refeições, portanto não poderemos colocar no lugar do almoço uma peça de fruta.
O lanche existe, é uma refeição e chá não é refeição. Então não podemos simplesmente ficar a tarde toda só a ingerir chás. O organismo necessita de carregar as suas energias com alimento.
Sopa ao jantar, tudo bem. Pode e deve usar-se, mas na condição de ser uma sopa variada em termos de legumes e restrita em termos de hidratos de carbono pobres (batata, arroz, massa). No entanto pode e deve juntar a isto uma salada,por exemplo. Ou um iogurte com frutos secos.
Cereais integrais ao pequeno-almoço, mais uma vez alerto para que vejam os rótulos e se assustem com a a quantidade de açúcar usada nos ditos cereais light e integrais. Portanto come açúcar refinado e não come a peça de fruta? Não faz sentido nenhum. A fruta tem açúcar naturalmente presente na mesma e de fácil degradação no nosso organismo. Fruta sim é alimento, é natural, é saudável, tem vitaminas, minerais e energia que necessitamos ao longo do dia.
Bolachas de água e sal antes de deitar nem pensar. E desengane-se quem acha que a maioria dos Nutricionistas estão certos quando as aconselham. E para que não entremos em confrontos, digo apenas às pessoas para que leiam o rótulo das ditas bolachas inofensivas e saciantes. O que encontra lá? Sal na sua forma não natural, açúcar e montes de gorduras hidrogenadas e coisas que nem sabemos o que são. Gelatina vegetal, queijo fresco, frutos secos, manteiga de amendoim... Isso sim são alimentos verdadeiros e nutritivos.
As refeições a meio da manhã também existem e devem ser feitas. Se não saciamos o organismo ele começa a acumular todo o alimento que lhe damos (mesmo que saudável) como fonte de gordura, para que possa resguardar-se de tantas horas sem comer. Portanto estamos simplesmente a fazer o efeito inverso: não perdemos peso, mas ganhamos apesar de comermos menos e saudável. Não devemos comer menos para emagrecer, devemos comer natural, saudável e bem.
Ora, barritas para o lanche? Estas ainda são piores que as bolachas de água e sal. Contêm montes de aromas, conservantes, gorduras e açúcares. Uma barrita pequena, supostamente para controlo de peso, com cereais na constituição, e que na verdade é um veneno para a perca de peso e para a sua saúde.

Mais importante que qualquer suplemento que auxilie na perca de peso (e temos aqui outro tema com pano para mangas), a alimentação é o alicerce. É o que permite a manutenção dos resultados e da sua saúde: o bem mais precioso que tem.


Fruta, quando?

A fruta deve ser ingerida isoladamente e não juntamente com outros alimentos, portanto não deve ser usada como sobremesa, mas sim no início da refeição. 
Após ingerir fruta aguarde 30 minutos a 1 hora para ingerir outro tipo de alimento (o almoço ou jantar, por exemplo).
Verá a digestão facilitada, diminuirá a vontade de ingerir doces no fim da refeição (sobremesas) e ficará mais saciado.

Que fruta usar?
Kiwi por exemplo!
Possui alto teor de vitamina C, ajuda a eliminar a acidez do organismo (provocada por alimentos de origem animal e processados), fonte de vitamina E, desintoxica o trato intestinal, auxilia a digestão, controla a pressão arterial, ajuda nos problemas oculares, e o mais importante: é natural!



Come fruta?

É  comum perguntar a quem me aborda na procura de um estilo de vida mais saudável se ingere fruta, explicar e incentivar esta fonte de vitaminas, minerais e energia naturais. No entanto na maior parte das vezes a resposta é:

  • "sim como salada de fruta muitas vezes, enlatada"
  • "sim, compro aqueles iogurtes com fruta no fundo"
  • "sim, costumo comer aquelas barritas de cereais e fruta"

Efectivamente a fruta está lá, mas primeiro, em quantidades reduzidas, em segundo, cheia de ingredientes extra prejudiciais à saúde.

Fruta enlatada:
Muitas marcas preservam as frutas em xaropes ricos em açúcar. Meia chávena de fruta enlatada contém 23grs de açúcares adicionais.

Iogurtes com fruta:
Utilizam xarope de milho para constituírem a geleia de fruta no fundo dos iogurtes.

Barras de cereais e fruta:
Os cereais são colados uns aos outros para constituírem a barra através da frutose ou xarope de milho. Tudo constituintes que elevam rapidamente o açúcar no sangue.

Ainda acha que está a consumir fruta?



                                                   





Menu do dia #2

Pequeno-almoço:
500ml Sumo de Laranja Natural
2 Kiwis

Meio da manhã:
2 Castanhas do Maranhão
1 Chávena de Chá de Cavalinha

Almoço:
1 Pimento Vermelho fatiado
3 Tomates Maduros fatiados
100gr Ervilhas

Lanche:
Batido (4 bananas maduras e 1 colher de sobremesa de cacau cru)

Jantar:
Quiche de Legumes e Cogumelos
Salada de Alface

Ceia:
1 Iogurte Magro
5 Morangos


Incentivo #5


Começar o dia com sabores e cores apelativos, boa disposição e hábitos saudáveis.


Menu do dia #1

Pequeno-almoço:
500ml Sumo de Laranja Natural
1 Fatia de Pão Integral Caseiro


Meio da manhã:
1 Iogurte Magro
1 Punhado de Bagas de Goji

Almoço:
1 Salada de Alface
Grão de Bico
Ervilhas
Azeite Virgem Extra qb
Ervas aromáticas qb

Lache:
Batido (2 bananas, 2 maçãs, sementes de sésamo qb, 1 colher sobremesa cacau crú)

Jantar:
Legumes Salteados (bróculos, cenoura, ervilhas, alho francês, cebola)
Lentilhas

Ceia:
1 Chávena de Chá de Funcho
2 Castanhas do Maranhão



Inspirem-se, experimentem, procurem motivação, mas nunca desistam de um estilo de vida saudável!

Incentivo #4

Há um mundo cheio de possibilidades de combinar diferentes alimentos. Ninguém disse que ser saudável tinha que ser aborrecido. Muito pelo contrário. Com comida natural, saudável e nutritiva, as combinações são diferentes a todas as refeições, todos os dias. Basta inspirar-se!







Leite - A Verdade

Eu poderia dizer muitas coisas sobre este assunto, como já o fiz. Posso até tornar-me insistente e inconveniente em algumas conversas no que diz respeito ao leite. Mas é que realmente as pessoas precisam entender o mal que faz o consumo de leite. As pessoas precisam saber que "bebo leite porque preciso de cálcio" é uma tremenda mentira. As pessoas precisam ter consciência que quando dizem às crianças "bebe leite para cresceres forte e saudável" estão a enganar os próprios filhos e acima de tudo a colocar a saúde deles em risco.
E como um vídeo muitas das vezes se torna mais apelativo, aqui vai um:



P.S.: é longo, tem publicidade desinteressante antes de iniciar o vídeo propriamente dito, mas vela muito a pena. Pelo discurso, pela informação, pela desmistificação, pelo alerta!

Sobremesa

Não dispensa sobremesa? Então opte por soluções saudáveis. Use frutas coloridas e disposições apelativas. Afinal os olhos também comem!




Calorias Vazias

Na dietética, no aconselhamento nutricional, em planos e consultas para emagrecimento, muito se fala de calorias. Por vezes criam-se clientes aficionados em contar calorias o dia todo, para que haja um défice e assim uma perca de peso. No entanto, muita gente esquece-se que há calorias vazias. E que muitas vezes, são estas calorias que andam a ser contadas 24 horas por dia em busca de umas gramas a menos. Tudo se pode ingerir, não se pode é ultrapassar as calorias diárias indicadas para a perca de peso.

Pois que isto está completamente errado! Contar calorias? Até poderá ser aceitável, mas pelo menos contemos calorias de qualidade e não vazias.
As calorias vazias dizem respeito a um aporte calórico que não é acompanhado de um bom perfil nutricional. Basicamente ingerem-se calorias desprovidas de vitaminas, mineiras, proteínas, fibras ou hidratos de qualidade.
Quando queremos perder peso queremos fazê-lo com qualidade, mantendo a saúde e não para que no fim da dieta tenhamos que tratar vários problemas de saúde que entretanto foram surgindo.

Mas onde se encontram as calorias vazias?
Refrigerantes, bolos, doces, alimentos processados (basicamente a maioria dos alimentos que existem no mercado). Estes alimentos fornecem uma grande quantidade de hidratos de carbono e de lípidos (geralmente saturados, hidrogenados ou parcialmente hidrogenados). Além disto não fornecem vitaminas, minerais, aminoácidos, nem fibras suficientes.

Todos estes alimentos mencionados devem ser os primeiros a serem eliminados num processo de dieta, assim como no alcance de um estilo de vida saudável.


Pão com sementes

Já aqui falei noutra publicação sobre o PÃO e na importância de sabermos exactamente o que estamos a comer. Como sabem, só sendo nós a confeccionar os alimentos é que saberemos o que na verdade estamos a ingerir. E como ao contrário do que muita gente pensa, fazer tudo em casa não é sinónimo de tempos infinitos na cozinha, aqui fica outra receita de pão. Desta vez com sementes:

Ingredientes:
500gr Farinha Trigo Sarraceno
6 Colheres de sopa de mistura de sementes trituradas (linhaça, sésamo, pevides abóbora, sementes girassol e chia)
água morna qb

Modo de confecção:
Misturar todos os ingredientes com um pouco de água morna, de forma à mistura descolar facilmente do recipiente.
Deixar repousar por 20 minutos.
Colocar a massa, já na forma desejada, num tabuleiro polvilhado com farinha de trigo sarraceno e deixar repousar mais 20 minutos enquanto se pré aquece o forno a 180º.
Colocar a massa no forno durante 30 minutos e saborear!




.

Barras Proteicas

Para quem quer fugir de uma vez por todas às barritas convencionais que encontra nos hipermercados, deixo hoje uma opção simples e nutritiva. Sem ingredientes escondidos e cujos nomes não conseguimos sequer pronunciar.
Esqueçam as barras convencionais, sim aquelas que dizem só 90 calorias por barra, sem açúcar, com montes de fibra e light. Dêem uma espreitadela no rótulo dessas ditas barras  maravilhosas que prometem ajudar a manter a linha e descubram o que realmente lá vem dentro: gordura hidrogenada, aromas, conservantes, açúcares em doses industriais, quase zero de fibra e proteína, e toda uma panóplia de ingredientes químicos que tornam a barra saborosa, de boa textura e apetecível.

Experimentem fazer as barras proteicas em casa. É rápido, simples, com ingredientes reais e nutritivos e não pensem que não são saborosas, porque são!

Ingredientes:
8 colheres de sopa de flocos de aveia integrais
4 colheres de sopa de sementes de linhaça moída
2 colheres de sopa de coco ralado
1 banana madura
bebida de soja (ou outra a gosto) qb
Chocolate negro qb

Modo de confecção:
Junte todos os ingredientes menos a bebida de soja, até conseguir uma mistura homogénea. Vá depois lentamente adicionando a bebida de soja, de modo a conseguir formar uma massa moldável.
Faça pequenas barras manualmente e leve-as ao frigorífico cerca de duas horas.
Após as duas horas, derreta o chocolate negro ao lume com um pouco de bebida de soja e cubra as barras, Coloque no frigorífico cerca de duas a quatro horas.
Delicie-se!





Terapias Naturais

Existem muitas e cada uma com a sua função específica. Algumas mais conhecidas e outras nem tanto.
Para que fiquem mais familiarizados com este mundo da medicina natural, aqui ficam as principais Terapias Naturais:


  • Fitoterapia
  • Homeopatia
  • Aromaterapia
  • Hidroterapia
  • Florais de Bach
  • Sais de Schussler
  • Oligoterapia
  • Reiki
  • Musicoterapia
  • Terapias Manuais (Osteopatia, Quiroprática, Drenagem Linfática, Reflexologia, Massagem Terapêutica, Tui Na, Shiatsu, Tai-chi, Qigong, Massoterapia)
  • Organoterapia
  • Espagíria
  • Germoterapia
  • Geoterapia
  • Cinesiologia
  • Cromoterapia
  • Yoga
  • Acunpunctura
  • Cristalterapia
  • Ayurveda
  • Terapia Nutricional
  • Iridologia
  • Terapia do Riso


O que fazer para jantar?

Acho que por às vezes indicar alternativas tão simples e rápidas, as pessoas se questionam se será realmente assim como falo. Mas é mesmo, podem acreditar.
O que mais gosto de fazer é juntar diversos legumes em pedaços e cozinhá-los numa frigideira anti-aderente. Apenas com um pouco de azeite virgem extra e ervas aromáticas. Juntar cogumelos e azeitonas e a mistura fica divinal.
Já imaginou quantos jantares diferentes são possíveis? Existe uma variedade inegável de legumes, basta fazer diferentes combinações no decorrer dos dias. Mesmo assim acha que varia pouco? Junte sementes, arroz integral, couscous, quinoa, lentilhas...